N. 19 – Belém/PA - Novembro/Dezembro - 2014

Autoria feminina na história literária do Pará

Vista parcial do acervo CASAEPA/GEPEM (Fotos: Eduardo Ribeiro)


No âmbito do GEPEM, por meio da Linha de Pesquisa Gênero, Literatura /Arte, Comunicação e Educação, entre os anos 2000-2001, foi realizada uma pesquisa objetivando a formulação do Inventário das Práticas e Saberes das Mulheres Paraenses, no Campo da Literatura e de outras Artes: 1870 - 1970. Esse estudo pioneiro revelou, entre outros indicativos, expressivo acervo de autoria feminina, prosa e verso, publicado em livros e periódicos. Essas evidências ensejaram a continuidade da investigação intencionando, por meio da restauração e do reconhecimento de seus percursos literários, presentificar a contribuição dessas mulheres na história cultural do Pará, visto que grande parte dessa produção, em razão de ressalvas canônicas, encontrava-se no anonimato dos arquivos e das edições esgotadas. Tal rasura historiográfica apontou a necessidade de serem problematizados os protocolos de inserção desse legado no lócus de formação universitária e escolar, considerando que estes são lugares potencialmente formadores de leitores/as. Nesse sentido, foram implementadas as pesquisas: Eneida de Moraes: militância e memória (2001- 2004); Escritoras Paraenses em Prosa e Verso: os protocolos de inserção da autoria feminina no cânone escolar de Belém/PA (2005-2007); Percursos Literários de Escritoras Paraenses: “cem anos de solidão”/1900-2000 (2007-2008); Autoria Feminina na História Literária do Pará: diálogos com a educação básica (2008- 2010).

Assim, ao longo desses 10 anos de pesquisa sobre a autoria feminina na história literária do Pará, foram reunidos documentos (éditos e inéditos) que atualmente compõem o acervo literário do GEPEM. Esses arquivos originaram, em 2007, o projeto cultural Casa da Escritora Paraense (CASAEPA) coordenado pela professora Eunice Santos e assessorada pela professora Maria Luzia Álvares.

Destinada a ser um centro de memória com a finalidade de guardar, preservar e divulgar a obra intelectual e literária (édita e/ou inédita) das/sobre escritoras paraenses, assim também peças documentais de natureza diversa que pertenceram ou sejam relacionadas a essas literatas, a CASAEPA, nesta proposição, configura-se como um espaço depositário desse legado produzido pelas mulheres no contexto amazônico e, além de abrigar esses acervos, é também gerador de conhecimentos acerca dessa contribuição à história literária do Pará, agregando, em seus princípios norteadores, a relação entre a pesquisa, o ensino e a extensão.

Neste sentido, atualmente contabilizam-se, como patrimônio cultural da CASAEPA/GEPEM, cerca de 8500 peças documentais: arquivos digitais contendo biografias e antologias comentadas; livros; coleções compostas de mostra textual esparsa, publicada em periódicos (exemplares fac-similados e em CD); documentação audiovisual (fotografias, DVD, gravações); memória oral (entrevistas, depoimentos); f) manuscritos; g) documentos sigilosos; h) registros pessoais (certidões, bilhetes, cartas, postais); i) inventários analíticos sobre as escritoras( artigos, notícias, comentários, reportagens).

CASA DA ESCRITORA PARAENSE (CASAEPA/GEPEM)

Sede Provisória: Av. José Bonifácio- Conjunto IAPI- Bloco 16- Casa D- São Braz- Belém/PA- CEP: 66090-363. Fones:(91)8158-7129/ 3228-3924/ 3201-8215- E-mails: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. (A consulta e/ou visitação ao acervo deve(m) ser agendada(s) com antecedência mínima de 48 horas).