N. 19 – Belém/PA - Novembro/Dezembro - 2014

Mulheres na Política: histórias de percursos e de práticas

Investigações sobre o avanço das carreiras femininas nos espaços de poder político originaram a pesquisa Mulheres na Política: histórias de percursos e de práticas. Financiada pelo CNPq e coordenada pela Dra. Maria Luzia Álvares, a intenção é verificar o déficit de associadas dos movimentos de mulheres  em  candidaturas no pleito municipal  de 2008  e  estadual / federal de 2010, no Pará, supondo-se que os partidos políticos demandam lideranças femininas para a competição eleitoral,  e que uma trajetória sólida e atuante dessas mulheres em movimentos, sindicatos e associações nem sempre  implica  sufragação da candidata.

Neste sentido, será consultada uma base amostral em cerca de 70 municípios paraenses   intencionando-se:   mapear  as candidaturas do referido período; identificar o número de assentos parlamentares e majoritários;  investigar o   quadro nominal de mulheres eleitas, examinando-se  o tempo de filiação e atuação no partido que as elegeu; investigar  os antecedentes sociais das eleitas; verificar o  número e percentual de votos recebidos pelas eleitas, definindo a geografia espacial dos mesmos, a proporcionalidade prevista nas regras eleitorais de distribuição desses votos e a situação no quadro de exitosos.

Por meio desses dados, será examinada a história de vida (classe social, geração, raça e etnia) das eleitas aos cargos parlamentares e majoritários, avaliando-se: em que nível da trajetória pessoal se estabeleceram os vínculos e motivações para a competição eleitoral;

se as paraenses eleitas (2008 e 2010) aos cargos parlamentares e majoritários-- embora tenham uma trajetória profissional, política e familiar -- dependem do status que têm nos movimentos sociais e de mulheres; quem são as que logram filiação partidária e inclusão nas listas eleitorais, conseguindo  eleger-se independente de participarem do ativismo político nos movimentos sociais e/ou de mulheres em suas comunidades.

Contribuições Científicas da Pesquisa

a) Continuidade dos estudos, agregada à  linha de pesquisa “ Mulher e Participação Política “(GEPEM-UFPA).

b) Incorporação dos resultados a outras pesquisas.

c) Integração ao quadro já existente no GEPEM do mapeamento nominal das mulheres paraenses eleitas em 2008 e 2010 e de suas histórias pessoais.

d) Fortalecimento do intercâmbio entre o GEPEM/UFPA e os movimentos de mulheres, possibilitando o acesso aos dados e às informações extraídas da pesquisa.

e) Integração do GEPEM/UFPA com as parlamentares eleitas e entrevistadas, prevendo-se uma programação específica para desenvolver uma agenda de seminários sobre partidos políticos e empoderamento.

f) Estimulação, com seminários e oficinas, objetivando que  alunos/as da graduação e pós-graduação da área de Ciências Sociais se interessem pelo tema estudado no projeto, possibilitando a vinculação destes/as como bolsistas voluntários/as; assim também, a elaboração de  relatórios, tccs e/ou dissertações de mestrado, conforme já registrado nos dois  projetos anteriores.

g) Formação de um banco de dados com o material coletado.

h) Divulgação dos resultados da pesquisa no meio acadêmico e para a sociedade em geral, por meio de seminários, “papers”, encontros nacionais, regionais e locais, conforme já realizados por bolsistas e docentes do GEPEM.

i)  Publicação dos resultados da pesquisa em artigos, periódicos e na Coleção “Mulheres,

Política e Poder” ( Editora GEPEM/UFPA).