N. 19 – Belém/PA - Novembro/Dezembro - 2014

Informes: Edição 18 - setembro/outubro

Nesta edição, nos links Edição Histórica e  Entrevista, depoimento concedido à Rádio Web UFPA pelas Professoras Maria Luzia Álvares, coordenadora do GEPEM,  e Eunice Ferreira dos Santos sobre o tema “Grupo de Estudos e Pesquisas Eneida de Moraes”. O programa foi ao ar no dia 16/10/2014 e está disponível no site www.radio.ufpa.br


No período 24 a 26/setembro/2014, aconteceu o Simpósio Mulheres, Gênero, História e Saberes em celebração dos 20 anos de presença do GEPEM no âmbito acadêmico e na sociedade. Flashes do evento podem ser visualizados no link Edição Histórica (linha de tempo 2014).


Na Seção Autoria Feminina na História Literária do Pará, assinada por Eunice Santos, pode ser visualizado o perfil literário das  escritoras paraenses Maria das Graças Diniz Correa, Maria de Belém dos Santos Menezes, Maria de Nazaré Barbosa de Oliveira.


Na Audiência Pública promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil(OAB) para discutir a  violência obstétrica, a Coordenadora Estadual de Saúde da Criança, Ana Cristina Guzzo, expôs um relatório de supervisão de maternidades no Pará elaborado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública, no qual se constata o crescimento da taxa de cesarianas e da mortalidade materna no Pará. Entre as providências, foi consensual: o ingresso do Conselho de Secretários Municipais de Saúde e da Associação Paraense de Ginecologistas e Obstetras na Frente Estadual de Combate à Violência Obstétrica; a criação de uma comissão de estudo acerca dos protocolos estabelecidos pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e Ministério da Saúde; e a criação da Comissão de Monitoramento das Maternidades. Desse evento, também participou Luanna Tomaz, pesquisadora do GEPEM e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/PA.


A Igreja Anglicana da Inglaterra aprovou a ordenação de mulheres bispos. Esta medida histórica, que dividia a instituição há décadas, será efetivada a partir de 2015. Os três colégios de delegados reunidos em York (norte da Inglaterra) se pronunciaram a favor desta reforma, promovida pelo arcebispo de Canterbury, Justin Welby. A reforma deve ser aprovada ainda pelo Parlamento antes de ser sancionada pela Rainha Elizabeth II. Na Inglaterra, onde as mulheres podem, desde 1992, ser sacerdotes, a comunidade anglicana com esta proposta objetiva acabar com sua imagem de igreja retrógrada, em comparação com a atitude mais progressista de outras igrejas anglicanas, como em Gales, Estados Unidos, Austrália, Canadá e Suazilândia, que já autorizam a ordenação de mulheres como bispos.


No Brasil, pela primeira vez em 206 anos, uma mulher vai presidir o Superior Tribunal Militar (STM). A ministra Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha tomou posse  afirmando que em seu mandato agirá em favor da igualdade de gênero e contra a discriminação a homossexuais nas Forças Armadas. Ressalte-se que o STM é composto por quinze ministros vitalícios: três generais da Marinha, quatro do Exército e três da Aeronáutica, além de cinco civis.


A Secretaria de Políticas para as Mulheres(SPM), em setembro do ano em curso,  instituiu o Prêmio Rose Marie Muraro: mulheres feministas históricas, destinado a mulheres com mais de 75 anos que atuaram ou atuam na vida pública nacional. A primeira edição do evento recepcionou inscrição de temas envolvendo ações científicas, tecnológicas, culturais, educacionais ou artísticas, em gestão pública e privada, nos movimentos sociais, nas organizações não governamentais, nos sindicatos e partidos políticos.


A Asociación Universitaria de Estudios de Mujeres - AUDEM (http://www.audem.com) informa:

a) A publicação da revista cientifica RAUDEM em formato digital e periodicidade anual. A revista é estruturada em quatro seções: artigos, entrevistas, literatura escrita por mulheres e comentários. A finalidade da publicação é: promover a investigação e análise crítica sobre mulheres, gênero e feminismo; e manifestações visíveis de escritores literários, tanto emergentes quanto consagrados em diferentes países.  As contribuições para a revista podem ser apresentadas através do site    http://www2.ual.es/raudem/index.php/Audem  ou  do e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

b)O DLC (Departamento de Línguas e Civilizações), da Universidade de Toulouse 1 - Capitole estará realizando de 16 a 17 de janeiro de 2015 a conferência internacional e interdisciplinar “As Mulheres,  de Objeto a Sujeito: o poder político, discurso jurídico e igualdade no emprego”.

c)O Simpósio Internacional “Mulheres Escritas entre Culturas: passado, presente e futuro”, promovido pela  Universidade de Oxford e Grupo de Pesquisa Interdisciplinar, apoiado e financiado pelo Centro de Investigação Oxford nas Humanidades (TORCH), aconteceu de 26  a 28 de setembro de 2014.


Promovido pelo Programa de Iniciação à Docência- PIBID de Educação em Direitos Humanos: gênero e sexualidade na escola- e pelo Grupo de Estudos e Pesquisa em História e Gênero (GEPEHG), na Universidade Federal do Ceará, aconteceu o II Seminário Direitos Humanos: perspectivas para a educação e pesquisa (30 e 31 de outubro).  A programação do evento contemplou oficinas, conferências e apresentação de trabalhos voltados para a discussão da temática dos Direitos Humanos e Gênero.


LINKS:

  • Associação de Estudos Universitários da Mulher(AUDEM/Espanha).
    http://www.audem.com - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.