N. 19 – Belém/PA - Novembro/Dezembro - 2014

SEÇÃO: AUTORIA FEMININA NA HISTÓRIA LITERÁRIA DO PARÁ

Eunice Ferreira dos Santos

Perfis de Escritoras Paraenses (V)

Pesquisas sobre os percursos literários de escritoras paraenses, realizadas no âmbito do GEPEM, evidenciam a existência de um potencial acervo autoral publicado em livros e periódicos, tanto em nível local quanto nacional. Acerca dessa expressiva produção, entretanto, há escassos registros na história literária do Pará—o que, de certa forma, tem dificultado estudos sobre esse legado cultural e a circulação das obras nos espaços de formação de leitores/as, sobretudo, nas instâncias universitária e escolar.

É nesta constatação que se fundamentam a finalidade e os objetivos da seção Autoria Feminina na História Literária do Pará, pretendendo ser um espaço de divulgação, interlocução e formulação de saberes sobre a singularidade dessa escritura no contexto amazônico. Nesse sentido, em cada edição do Iaras serão incluídas referências ao perfil intelectual, à poesia e à prosa ficcional  de escritoras paraenses catalogadas no Projeto Cultural Casa da Escritora Paraense(CASAEPA/GEPEM)*.

Lindanor Celina

Nasceu em Castanhal, cidade da Zona Bragantina(PA). Romancista, professora  e Doutora em Letras (Sorbone/França). Em 1974, transferiu residência para Paris, passando a lecionar Literatura Portuguesa e Brasileira na Universidade de Lille III. Recebeu menção honrosa da Walmap e 1º. Prêmio da Academia Paraense de Letras – Prêmio Samuel Mac-Dowel, com o romance Estrada do Tempo foi. Escreveu mais de dez  livros, dentre eles os que compõem a trilogia: A Volta de Irene, Menina que Vem de Itaiara e Estrada do Tempo Foi. Tem livros publicados e laureados em Portugal e França e outros países da Europa, além de adotados como livros de leitura permanente, principalmente na Universidade de Lille. É considerada pela crítica uma romancista moderna pós-moderna porque  funde o cotidiano com o ficcional. Além das obras citadas, também publicou: Afonso contínuo, santo de altar; Breve sempre; Crônicas intemporais; Diário da ilha: crônicas; Eram seis assinalados.

Lucy Gorayeb Mourão

Nasceu em Belém do Pará. É Bacharel em Direito, poeta, cronista e jornalista. Atuou como colaboradora no jornal “O Liberal”. Tem crônicas e poemas publicados em antologias diversas.  Secretariou a Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil(AJEB- Pará). Foi Conselheira Titular do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; Membro da Diretoria nacional da Associação Cristã Feminina( Seção São Paulo); Membro da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Política; Recebeu, entre outros, vários diplomas de honra ao mérito por  atuação profissional e administrativa.

Maria Annunciada Ramos Chaves

Nasceu em Belém do Pará. Cronista, Bacharel em Direito, Professora Titular da Universidade Federal do Pará(Faculdade de Filosofia). Foi  Sub-Reitora de Extensão(UFPA) e membro da Academia Paraense de Letras (APL), da Ordem dos Advogados do Brasil- Seção Pará, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará(IHGP),  do Conselho Estadual de Cultura, da Sociedade Paraense de Educação. Recebeu várias medalhas de Honra ao Mérito por atuação administrativa e acadêmica. Publicou vasta contribuição literária em jornais e revistas locais e nacionais.

Eunice Ferreira dos Santos é pesquisadora do GEPEM e Doutora em Letras, área de concentração Literatura Comparada.

Para acesso ao acervo, contatar: (91) 3201-8215 ou Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.