N. 19 – Belém/PA - Novembro/Dezembro - 2014

Seção: Mulheres, Política e Poder
Maria Luzia Miranda Álvares


Gênero, Democracia e Direitos Humanos


O Fórum Gênero, Democracia e Direitos Humanos objetivou consolidar, na área da Ciência Política,  a temática gênero e mulheres, por meio de  debates sobre questões discutidas mundialmente, tais como: as relações sociais de gênero como relações de poder; a diversidade como um valor nas relações humanas, representando um princípio básico de cidadania, com efetivo direito à diferença, possibilitando ações de acordo com os valores individuais e eliminando condutas discriminatórias; as desigualdades sociais pela tardia cidadania feminina nas sociedades democráticas tendentes às representações e práticas assimétricas entre os gêneros; os direitos humanos incluindo-se os direitos fundamentais das mulheres em suas várias intercessões: geracionais, étnico-raciais, de classe e geográfica.

Neste sentido, e para discutir a garantia à igualdade de acesso às estruturas de poder, aos processos de decisão e às políticas públicas efetivando os direitos humanos das mulheres, o debate foi estruturado em três mesas, enfatizando: a) a construção da equidade de gênero na política formal, evidenciando custos e ganhos das eleições de 2010, avaliando o desempenho competitivo das mulheres brasileiras num cenário pouco receptivo a esse gênero; b) os processos de empoderamento feminino em todas as suas nuances, com ampliação dos mecanismos da reforma política; c) demandas e conquistas que têm pautado a ampliação da cidadania das mulheres em outras áreas de políticas públicas facilitando a justiça social.

Originalmente apresentada em forma de Fórum no 8º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), a proposta de criação da Área Temática Gênero, Democracia e Direitos Humanos foi submetida  à Assembleia Geral da entidade e aprovada em reunião de diretoria, na ANPOCS,  passando a figurar, a partir de 2014,  como mais uma AT dos encontros da ABCP, sob  coordenação de Maria Luzia Álvares (UFPA), Clara Maria de Oliveira Araújo (UERJ) e José Eustáquio Diniz Alves (ENCE/IBGE).

Maria Luzia Miranda Álvares é Doutora em Ciência Política, Coordenadora do GEPEM/UFPA e uma das pioneiras dos estudos de mulher e gênero, no Pará, desenvolvendo trabalhos sobre a temática feminismo, mulher e gênero, com incursões sobre o entrelaçamento das representações socioculturais nas estruturas de poder.