N. 19 – Belém/PA - Novembro/Dezembro - 2014

Mulheres de Fibra no Marajó: educação, empreendedorismo e paz

A primeira Cúpula Mundial de Mulheres e Famílias da América Latina, realizada em junho de 2012, em Belém do Pará, segundo Daniella d'Ávila, foi o pontapé inicial para muitas e importantes mudanças na vida das mulheres e famílias brasileiras. E neste sentido, “inspiradas e motivadas pelo grande sucesso desse evento, decidimos que o trabalho deve continuar e, formando parcerias, programamos uma poderosa agenda de treinamento, sensibilização e conscientização focando primordialmente na educação formal”.

Nesta intenção, em janeiro de 2013 foi implementado em Soure, município paraense, o Projeto Humanitário Mulheres de Fibra/Human9 (Projeto Marajó) com o objetivo de realizar ações educacionais e de empreendedorismo direcionadas às mulheres e famílias da ilha de Marajó.

Para isso, sob o slogan “educação, empreendedorismo e paz”, o Projeto Marajó será coordenado por Daniella d'Ávila e contará, entre outras, com a parceria de especialistas como a Dra. Yvonne Bezerra de Mello(RJ), Dra. Leane Fiuza de Mello, Promotora de Justiça; Dra. Ana Celina Hamoy (CEDECA); Irmã Henriqueta ( CJP), Maria da Trindade Tavares ( SEJUDH); Professora Gloria Caputo. Para Daniella d'Ávila, este será “um projeto piloto pioneiro, que começará em Soure, no Marajó, e que com as parcerias certas poderá ser implementado em toda a ilha e replicado no mundo inteiro”.

Já na primeira fase, a agenda do Projeto contemplou várias atividades objetivando: otimizar e multiplicar o rendimento de professores e alunos em sala de aula; esclarecer sobre a importância da educação formal e informal na formação do pensamento critico, no fortalecimento da autoestima,  para o progresso pessoal, para o estabelecimento de uma cultura de paz e de melhor qualidade de vida. Neste sentido, foram promovidos os eventos:

  • capacitação de professores/as na Pedagogia Uerê-Mello, ministrado pela  Dra. Yvonne Bezerra de Mello;
  • workshop sobre cooperativismo promovido pela OCB/PA (Organização das Cooperativas do Brasil);
  • série de palestras sobre: a) direitos humanos = Dra. Leane Fiúza de Mello, Promotora de Justiça e Professora de Direito; b) bullying, discriminação, direitos da mulher = Maria da Trindade Tavares (Secretaria de Justiça e Direitos Humanos- SEJUDH); c) “todas as idades em uma”= Joana Scerne; d) Trafico de pessoas, como prevenir e combater =  Irmã Henriqueta (Comissão de Justiça e Paz –CJP/CNBB); e) “Do Marajó para o Mundo” = Dra. Daniella d'Avila, Diretora do Projeto Marajó.

Para a segunda fase do projeto ( junho/2013), estão previstos oficinas e treinamentos.

Nota: Marajó é uma ilha brasileira do Estado do Pará, localizada na foz do rio Amazonas. Soure é o maior município da Ilha do Marajó.
Fontes: www.mulheresdefibra.com; www.projetomarajo.com
Contatos:
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.