N. 19 – Belém/PA - Novembro/Dezembro - 2014

Congresso Más igualdad. Redes para la igualdad

O artigo As escrituras das mulheres paraenses no cânone amazônico: tramas e diferença, de autoria das pesquisadoras do Gepem, Eunice Santos e Lilian Adriane Ribeiro, foi  apresentado no Congresso Más igualdad. Redes para la igualdad realizado na Universidad de Sevilla  no período de 25 a 27 de outubro. O evento foi organizado pela Associación Universitaria de Estudios de las Mujeres (AUDEM).

Na apresentação do artigo,  selecionado para a Sessão Mujeres y creatividad: literatura, a pesquisadora Lilian Adriane Ribeiro, que atualmente cursa doutorado na Universidade de Sevilla,  fez a tradução do texto e atuou como intérprete na  exposição oral.

Conheça o Resumo   do trabalho  apresentado  no evento:

A produção literária de autoria feminina, ao longo da história social brasileira, em grande parte foi relegada, pelo discurso da crítica essencialista, a uma condição “periférica.” Em face dessa postura hegemônica, as escritoras paraenses, apesar de expressiva produção autoral em livros e periódicos, têm se defrontado com muitas dificuldades para que suas obras circulem nos espaços de formação de leitores/as, sobretudo, nas instâncias universitária e escolar. Neste sentido, à luz da crítica feminista e de investigações realizadas no âmbito do Grupo de Estudos e Pesquisas “Eneida de Moraes” sobre Mulher e Relações de Gênero (GEPEM/UFPA- Amazônia/Brasil), neste trabalho serão discutidos os paradigmas culturalmente institucionalizados que têm, no contexto amazônico, marginalizado a escritura das literatas paraenses.

Sobre a autoria:

Eunice Ferreira dos Santos  - Professora da Universidade Federal do Pará (UFPA-/Amazônia/Brasil). Doutora em Letras (UFMG- Brasil). Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Eneida de Moraes  sobre Mulher e Relações de Gênero(GEPEM/UFPA), onde desenvolve pesquisa sobre a autoria feminina na história literária do Pará( Amazônia- Brasil).

Lilian Adriane Ribeiro - Doctoranda del programa de Doctorado Mujer, Escrituras y Comunicación del Departamento de Filologías Integradas de la Universidad de Sevilla. Investigadora del Grupo de Estudios e Investigación Eneida de Moraes  sobre Mujer y Relaciones de Género (GEPEM/UFPA), y socia de Audem (Asociación Universitaria  de Estudios de las Mujeres)

Congreso Internacional  MÁS IGUALDAD. REDES PARA LA IGUALDAD

Organização: Associación Universitaria de Estudios de las Mujeres (AUDEM)
Local:
Universidad de Sevilla/Espanha
Facultad de Filología del 25 al 27 de octubre 2012